BLOG – GO.ON

O frete grátis é mesmo viável para o seu negócio?

O frete grátis é mesmo viável para o seu negócio?

É inegável o fato de que a palavra ‘grátis’ atrai muitos consumidores. E quando associada ao termo ‘frete’, esta palavra tem o poder de incentivar os clientes de uma loja física ou virtual a comprarem os produtos oferecidos por ela. Porém, por mais que essa possa ser uma boa estratégia de marketing e atraia muitos consumidores, o frete grátis não pode ser adotado por impulso, simplesmente porque outras lojas o oferecem. 

É preciso analisar a sua viabilidade do ponto de vista financeiro para verificar se a empresa pode ou não praticá-lo. Nesse post, o ajudaremos a descobrir se o frete grátis é ou não viável para o seu negócio. Além disso, mostraremos as diferentes formas de praticá-lo. Não deixe de conferir:

O que analisar para saber se o frete grátis é viável

Antes de tudo, é importante ressaltar que a viabilidade do frete grátis depende do perfil de cada empresa. Para saber se ele é viável ou não para o seu negócio, e se ele realmente gerará benefícios para ela, você deve antes analisar alguns fatores.

Margem de lucro de cada produto

Para o cliente, o frete é grátis. Mas para a empresa, ele gera em custo, que diminui a margem de lucro dos produtos que serão enviados. Por isso, é preciso analisar a margem de lucro de cada produto para ver se ela não será drasticamente reduzida – ou até mesmo eliminada – ao se inserir o custo do frete.

Volume de vendas

Muitas vezes, a margem de lucro do produto cai com a adição do frete grátis. Porém, se o volume de vendas for alto essa redução dos lucros pode ser compensada. Se o volume for alto em certos períodos, eles podem compensar a redução das margens em épocas pouco movimentadas.

Dimensões de cada produto

O tamanho e o peso dos produtos são fatores que influenciam bastante no valor do frete. Se um produto tiver dimensões grandes, ou for muito pesado, o custo da sua entrega será alto, podendo até ultrapassar o seu valor de venda. Isto sem contar que alguns operadores logísticos, como os Correios, não transportam produtos com grandes dimensões.

Localização do cliente

A localização do cliente também interfere no custo do frete. Quanto mais longe ele estiver da empresa, maior será o valor que ela terá que pagar. Neste caso, é preciso avaliar os custos dos diferentes tipos de entrega (por conta própria, transportadora e Correios), levando em conta as dimensões dos produtos.

As formas de se oferecer frete grátis

Se depois de analisar todos esses fatores você concluir que o frete grátis é viável para a sua loja e tem o potencial de atrair clientes, é preciso estudar a melhor forma de oferecê-lo.

Frete grátis a partir de um valor X

Muitos produtos têm um preço tão baixo e uma margem de lucro tão pequena, que não podem ser entregues gratuitamente. É por isso que a maioria das lojas que oferece frete grátis impõe um valor mínimo de compra para poder disponibilizá-lo.

Frete grátis para algumas regiões

Para algumas regiões, a margem de lucro do produto ou o volume de vendas pode cobrir o custo do frete grátis. Mas para todas as regiões do país, ele se torna quase inviável. Conforme dissemos anteriormente, o preço do frete aumenta conforme a distância do comprador.

Frete grátis para todos os produtos ou apenas para alguns

O frete grátis para todos os produtos só é ofertado quando a empresa vende mercadorias com margens que cobrem a sua entrega. Se ela trabalha com preços muito variados, então esse tipo não é viável, principalmente se não houver muitos recursos em caixa.

Frete grátis para períodos sazonais

As lojas também podem ofertar o frete grátis apenas quando a demanda aumentar em certos períodos do ano, como no Natal e no Dia das Mães, por exemplo. Isto pode atrair mais clientes, aumentar as vendas e cobrir os custos dos fretes.

Frete grátis para clientes fiéis

A empresa pode utilizar o frete grátis como uma estratégia para fidelizar seus clientes. Se ela oferecer frete grátis a cada cinco compras ou na data de aniversário do cliente, por exemplo, ela acabará o estimulando a comprar mais vezes e fazendo-o se sentir especial.

É importante lembrar que a análise da maneira como o frete será oferecido também deve ser combinada com os fatores que listamos lá no início do post.

E sua loja, já está disponibilizando frete grátis? De que forma está o oferendo? Conte para a gente nos comentários!