BLOG – GO.ON

Equipes: como aumentar a motivação e a produtividade

Equipes: como aumentar a motivação e a produtividade

Qualquer agrupamento de diferentes tipos de pessoas pode gerar conflitos de opinião, desorganização e dificuldades de comunicação. E isso fica mais evidente no ambiente de trabalho, onde a competitividade é grande. Porém, se a gestão de equipes for bem realizada, é possível unir o grupo em torno de um objetivo comum.

Abaixo, listamos sete formas para você melhorar a gestão da sua equipe e obter melhores índices de produtividade e lucratividade.

1. Fortaleça os laços afetivos entre os membros da equipe

Para que uma equipe trabalhe em conjunto de forma eficiente e produtiva, é de vital importância que seus membros se entendam, caso contrário, muitos problemas podem começar a aparecer.

Desenvolva atividades voltadas ao fortalecimento das relações, à cooperação e, se possível, a amizade entre os integrantes do time. Escolha ações relacionadas às especificidades do seu negócio ou ao tipo de grupo que você almeja construir.

2. Invista em atividades de treinamento

A média de produtividade da equipe depende das habilidades de cada colaborador. Oferecer treinamento é muito importante, pois ajuda os membros do grupo a ampliarem seus conhecimentos e a se manterem atualizados, tornando-se melhor preparados para realizar suas funções.

Seus colaboradores podem se beneficiar da participação em conferências, seminários e programas de treinamento online. Seja qual for o meio escolhido, não esqueça de que não há equipe vencedora sem treinamento adequado.

3. Ouça seus colaboradores

Comunicar-se bem com seus colaboradores é essencial: você deve se esforçar para compreender suas necessidades e valorizar todas as ideias que eles tiverem.  Se o profissional se sentir marginalizado, seus níveis de motivação são afetados e sua produtividade diminui. Além disso, ao estar disposto a ouvi-los, você descobrirá que muitas de suas ideias são realmente úteis.

Ouvir seus colaboradores se justifica, também, pelo fato de que eles são a verdadeira força operacional do negócio. Não é por acaso que empresas de sucesso contam com canais permanentes de comunicação entre funcionários e gestão.

4. Aplique a meritocracia para oferecer incentivos financeiros

A relação entre pagamento e trabalho produzido não se refere, de forma simplista, às leis de causa e efeito. Ao se lidar com pessoas, sempre há outros fatores em jogo. A motivação, por exemplo, pode diminuir, afetando negativamente o desempenho profissional. Alguns incentivos financeiros são úteis para maximizar a produtividade.

Oferecer um bônus para o “colaborador do mês” ou desenvolver outras formas de remuneração baseadas no mérito, certamente irão motivar os membros da equipe a serem mais produtivos.

5. Atribua tarefas de acordo com a afinidade de cada membro da equipe

Atribuir funções adequadas aos seus colaboradores evita a frustração, elimina a existência de pressões desnecessárias e impede que um membro se sinta desmotivado em relação a outro que apresente melhor desempenho.

Para atingir este objetivo, você deve conhecer bem sua equipe e identificar seus pontos fortes e fracos. Assim, será possível delegar tarefas baseadas em habilidades que cada indivíduo já possui ou apresenta potencial para desenvolver.

Esta estratégia de gestão contribui para evitar que os colaboradores de alta performance em determinada área fiquem sobrecarregados com tarefas para as quais não possuem afinidade, enquanto ajuda toda a equipe a se manter engajada.

6. Escolha o estilo de gestão de equipes mais apropriado

Existem vários estilos de gestão e você deve optar pelo mais alinhado às necessidades de sua equipe. Aqui, apresentaremos dois dos mais emblemáticos:

  • se os colaboradores são experientes, então uma liderança baseada na livre iniciativa (laissez-faire) pode ser adequada. Ao contrário, se os membros da equipe são inexperientes, considere realizar uma gestão mais paternal, orientando-os em cada tarefa;
  • os riscos ao adotar um estilo de liderança são elevados. Se um gestor paternal se impuser sobre um grupo de trabalhadores experientes, estes podem se sentir desvalorizados e até desrespeitados em seu orgulho profissional. Por outro lado, teremos um desastre se o gestor laissez-faire atuar com colaboradores inexperientes.

7. Defina claramente as atribuições

Falhas de comunicação podem levar à desorganização. Por isso, as tarefas devem ser atribuídas com instruções precisas sobre o que se espera. Quando há clareza sobre quem fará o quê, os colaboradores apresentam uma maior tendência a assumir e a se engajar em suas atribuições.

Experimente colocar em prática estas ideias. Com certeza, ajudarão você a construir uma equipe vencedora para o seu negócio!