BLOG – GO.ON

A produtividade na manutenção industrial é fator de rentabilidade

A produtividade na manutenção industrial é fator de rentabilidade

O Fator de Produtividade na Manutenção, o chamado Wrench Time, é o percentual de tempo em que um funcionário passa efetivamente fazendo alguma atividade de manutenção – realizando uma inspeção de campo, ou limpeza no equipamento, ou troca de peças – descontando-se o tempo que ele perdeu com uma atividade que não está diretamente ligada ao serviço, portanto, não gera valor ou resultado para a operação, trata-se de um desperdício de tempo, em atividades como a espera de alguma peça, o deslocamento até o campo, receber orientações, preencher relatórios, etc.

O correto Planejamento da atividade de manutenção, que permite o dimensionamento exato do capital humano, recursos técnicos e materiais que serão utilizados na atividade, influencia diretamente o fator de produtividade.

E a produtividade na manutenção é um fator importante e dependendo da atividade exercida pela empresa, crucial para sua rentabilidade, tanto que é crescente a conscientização de que a manutenção cria valor para o processo produtivo. Como exemplo, os custos de manutenção representam parcela significativa do custo operacional de uma indústria e as despesas de manutenção podem representar até 50% desses custos industriais. Segundo dados da ABRAMAN, 4,5% do PIB brasileiro é gasto pelas empresas, em manutenção.
As novas tecnologias de sustentação, que vem surgindo em todo o mundo e estão disponíveis inclusive no Brasil, contribuem para aumentar a rentabilidade das empresas, à medida em que atuam diretamente para o aumento do Wrench Time.
A plataforma Go.on é um exemplo destas tecnologias de sustentação, porque permite que os funcionários de manutenção otimizem seu tempo de deslocamento até o campo, com o roteirizador de visitas; permite que os funcionários já tenham disponíveis as ordens de serviço, pelo smartphone, inclusive com a relação de peças e demais insumos que serão utilizados e demais procedimentos, bem como elimina o tempo dos técnicos de manutenção no preenchimento de relatórios, visto que a plataforma gera automaticamente os relatórios em tempo real. As intercorrências, que podem prejudicar a produtividade do processo de manutenção, também são monitoradas, com emissão de alertas e consulta em tempo real pelo supervisor, através de dashboards; e comunicação em tempo real entre o supervisor e os técnicos.
Vale lembrar que essas tecnologias de sustentação (tecnologias que surgem para melhorar a forma como os serviços são executados) têm custo baixo porque são soluções disponíveis por assinatura para um grande número de empresas; são acessíveis – basta uma assinatura mensal para cada usuário, sem necessidade de investimento em servidores e desenvolvimento de TI – e plenamente justificáveis – o investimento com a assinatura da plataforma é retornado pela maior produtividade que proporciona, no curto prazo.
Aproveitamos para convidá-lo a experimentar a Go.on, gratuitamente, basta acessar o link: http://app.goon.mobi/trial/tasks#hometrial